2 anos

de sucesso no mundo do samba

aguia2Desde tempos imemoriais, a águia é o animal mais admirado pelo homem, que, em suas atividades banais, tentam imitá-la, atribui a ele suas qualidades, suas ações no cotidiano. Desse modo, a imagem da águia povoou a cultura de todos os povos.Foram os romanos que mais cultuaram a águia...ela se tornou o símbolo de seus diferentes impérios. Aqui, eis, aqui, uma visão esotérica do papel da águia, baseada em leituras diversas, principalmente esotéricas:

AS ASAS: Elas são em sua extensão muito maior do que o seu próprio corpo. São maior que a sua necessidade. Quando elas abrem em busca de voos, existe algo sublime, infinito, reveleando que ela abarca o tempo naquele instante fugidio para nossos olhos. Mas não para ela, que cresce e se destaca no infinito. Estar sob a proteção das asas da águia é estar sob a proteção de Deus, segundo textos antigos.

O VÔO A águia nunca faz o mesmo voo, ela sempre supera o anterior. Ela sempre quando se lança, este voo anterior é superado. Se no dia anterior ela atingiu 100 metros de altura, hoje ela voará 101 metros. Ela sempre vai além do seu voo anterior. Textos antigos dizem que isso significa que as experiências com Deus sempre serão maiores do que as anteriores.

OS OLHOS: A terceira dimensão está nos olhos da águia. A águia tem a capacidade de ver a 360º, ela tem uma visão tridimensional, enquanto que o homem só pode visualizar em 180º. E não somente o campo de visão da águia é maior como também é melhor, ela da altura que está consegue ver o menor alvo no chão. Outro ponto é que embora a águia tenha esta capacidade de visão tão grande, ela não tem as suas vistas ofuscadas pelo brilho do sol. ( Coríntios 2.14-15)” Os que esperam no Senhor verão além do que se pode ver, através do discernimento espiritual”.

OS PÉS : Embora a águia esteja voando o mais alto, seus pés estão firmes no chão. São apenas quatro dedos, mas devido a sua força e agilidade, conseguem agarrar firme as suas presas e levar o alimento para o seu ninho. Raramente erra o seu alvo devido à fortaleza que imprime em seus pés. Ou seja, andar com fé é andar como a águia...

A MORADA. A quinta dimensão é a morada das águias. Os seus ninhos são feitos nos altos dos penhascos. Lugares de difícil acesso, firmados nas montanhas. Isso demonstra uma capacidade de antever perigos e instituição de extrema proteção a sua comunidade...quem consegue chegar lá se não a águia? Não é a toa que diversas religiões em todo o mundo esclarecem sobre a importância do pico da águia, do grande local, onde a sabedoria, a consciência e o poder se abriram para aquele que chegou lá, isto é, chegou no pico da águia.

OS FILHOTES: Eles são alimentados somente com o necessário, nem mais e nem menos. E a águia mãe, força seus filhotes, a voarem. Ela os impulsiona para fora do ninho assim que estão prontos para voarem. Isso significa em primeiro lugar que a águia estimula eles para o equilíbrio em relação aos que estão ao nosso redor, ou aos que dependem de nós. Significa que por mais que a pessoa que está ao nosso lado seja ainda dependente, temos que forçá-la a tomar decisões. Se formos novamente utilizar a Bíblia, teremos correspondência em relação a esse postulado: “Instrui o menino no caminho em que deve andar, a até quando envelhecer não se desviará dele” (Provérbios 22:6).

A FIDELIDADE: A águia como pouquíssimos animais que existem mantêm um único parceiro em toda a sua existência. Esse radicalismo da águia está ligado ao UNO. Ou seja, ela fez uma escolha e esta escolha foi baseada num projeto de vida segundo a qual aquele escolhido é aquele que vai nos seguir durante toda a vida pois foi nascido/criado para isso, para aquele encontro com a outra pessoa. Não é fácil isso mesmo, pois, o homem não age assim. Prefere o cipoal de aventuras e experiências desencontradas ao definir-se por um outro. Daí, então, em muitos casos, muitos desencontros frustantes.

A MORTE: A oitava dimensão é em relação à morte da águia. A águia morre voando. Nunca deixa de fazer o que está para fazer, mesmo que seja pela última vez. Mesmo estando doente ou de idade avançada, a águia se lança em voo até que venha a sua hora. Isso significa que mesmo estando próximo da morte, ou ameaçados de morte, nossa atividade, nosso trabalho deve continuar a ser realizado, mesmo que não o vejamos realizado por completo, temos que continuar a trabalhar.

A RARIDADE: A águia é um animal em extinção. A caça predadora está fazendo com que as águias estejam desaparecendo, e isso a torna um animal raro. Isto significa que bons amigos, discípulos, companheiros, maridos, mulheres, também são difíceis de encontrar.

História e memórias de baianas das escolas de samba